Quando idealizei este livro, me veio logo a imagem de uma bolsa de mulher, inspirada na crônica homônima que eu havia publicado na estreia de minha coluna no jornal OPovo, de Fortaleza. Percebi que as crônicas que eu ia escrevendo e publicando na coluna seguiam, de certa forma, o mesmo princípio de uma bolsa de mulher: primavam pela estética e funcionalidade; pretendiam abarcar anseios e necessidades humanas; continham surpresinhas, coisas cheias de significado e grandeza, outras com pouco sentido ou mesmo supérfluas - nunca se sabe se vão ou não ter serventia... Enfim, atinei que, no bojo de meus textos dominicais, havia uma universalidade caótica, característica da bolsa de mulher. Influenciada pela ideia do livro e por desejo traquinas, resolvi pesquisar o conteúdo das bolsas de mulheres de meu relacionamento.

Categories: Crônicas, Livros

As fábulas têm o dom de despertar o gosto pela leitura, afinal os animais são fonte de alegria, espontaneidade e sensibilização. Eles nos ensinam a sermos mais humanos, mais autênticos e nos remetem ao essencial. Neste livro, a autora trata de valores sociais contemporâneos por meio de fábulas inéditas que exploram cenários essencialmente regionais e rurais. Os personagens também são típicos da fauna brasileira. Embora tenham pendor construtivo, estas fábulas não buscam os tradicionais desfechos do tipo moral da história, para não forjarem lições nem exibirem um caráter prescritivo.

Categories: Fábulas, Livros