Inspirada em fatos reais, a narrativa gira em torno da amizade entre uma menina e seu pequeno poodle. Premiado em concurso realizado pela Secretaria de Educação do Estado do Ceará, o livro integra o Programa Alfabetização na Idade Certa e foi distribuído com todos os alunos do 5o. ano da escola pública.

Categorias: Livros

Os livros técnicos costumam apresentar os temas organizacionais de forma árida e desinteressante e, de uma maneira geral, não atraem os leitores. A leveza e a forma cronicada do ARMADILHAS EMPRESARIAIS instiga o leitor e conquista sua atenção. Sem tecnicismo, será descortinado um panorama geral de aspectos críticos das empresas com nuanças e pormenores pitorescos, onde o leitor encontrará dicas simples e objetivas para o enfrentamento de problemas organizacionais crônicos […]

Categorias: Livros

Metacrônica é uma espécie de antologia, uma seleção do que Simone Pessoa tem publicado, sobretudo no jornal O POVO, de Fortaleza, e lhe granjeado leitores fiéis. A autora seduz pela linguagem fluente, ágil, dotada da força da eletricidade e de uma mansidão rara. Metacrônica leva-nos até as inesgotáveis águas da metalinguagem. Juntando o gênero crônica ao que é metalinguístico, a autora revela-se uma consciência de seu tempo, capaz de refletir sobre temas que acenam para o universo literário, a partir de títulos, como A força das palavras, Crônica cadente, A estante, Inveja, Diálogo com o Assaltante e muitos outros.

Categorias: Livros

Com linguagem clara, agradável e direta, a professora Simone Pessoa desmitifica o processo de produção de trabalhos acadêmicos no livro Dissertação não é bicho-papão. Além da metodologia científica: Esta obra apresenta uma metodologia simples e inovadora para a escrita de trabalhos acadêmicos: dissertação de mestrado, tese, monografia e TCC. Oferece dicas anticonvencionais ao percorrer todas as etapas desse processo em duas dimensões (impessoal e pessoal).

Categorias: Livros

Quando idealizei este livro, me veio logo a imagem de uma bolsa de mulher, inspirada na crônica homônima que eu havia publicado na estreia de minha coluna no jornal OPovo, de Fortaleza. Percebi que as crônicas que eu ia escrevendo e publicando na coluna seguiam, de certa forma, o mesmo princípio de uma bolsa de mulher: primavam pela estética e funcionalidade; pretendiam abarcar anseios e necessidades humanas; continham surpresinhas, coisas cheias de significado e grandeza, outras com pouco sentido ou mesmo supérfluas - nunca se sabe se vão ou não ter serventia... Enfim, atinei que, no bojo de meus textos dominicais, havia uma universalidade caótica, característica da bolsa de mulher. Influenciada pela ideia do livro e por desejo traquinas, resolvi pesquisar o conteúdo das bolsas de mulheres de meu relacionamento.

Categorias: Crônicas, Livros

As fábulas têm o dom de despertar o gosto pela leitura, afinal os animais são fonte de alegria, espontaneidade e sensibilização. Eles nos ensinam a sermos mais humanos, mais autênticos e nos remetem ao essencial. Neste livro, a autora trata de valores sociais contemporâneos por meio de fábulas inéditas que exploram cenários essencialmente regionais e rurais. Os personagens também são típicos da fauna brasileira. Embora tenham pendor construtivo, estas fábulas não buscam os tradicionais desfechos do tipo moral da história, para não forjarem lições nem exibirem um caráter prescritivo.

Categorias: Fábulas, Livros